top of page

abchoneytree Group

Public·22 members

Passo a passo para ativar o Windows 8.1 com o KMS Auto



CRACK Ativador Permanente do Windows 8.1 Tutorial




O Windows 8.1 é uma versão atualizada do Windows 8, que trouxe diversas melhorias e novidades para o sistema operacional da Microsoft. No entanto, para aproveitar todos os recursos e funcionalidades do Windows 8.1, é preciso ativá-lo com uma chave de produto válida.




CRACK Ativador Permanente do Windows 8.1 Tutorial



Mas se você não tem uma chave de produto original ou não quer pagar por ela, existe uma forma de ativar o Windows 8.1 permanentemente usando um programa chamado CRACK. Neste artigo, vamos explicar o que é o CRACK, como usá-lo e quais são os benefícios e riscos de ativar o Windows 8.1 com ele.


O que é o CRACK?




O CRACK é um programa que permite ativar o Windows 8.1 sem precisar de uma chave de produto original. Ele funciona como um ativador permanente, ou seja, ele faz com que o Windows reconheça o seu computador como um dispositivo licenciado e não solicite mais a ativação.


O CRACK usa um método chamado KMS (Key Management Service), que é um serviço de ativação em rede usado por empresas e organizações que possuem muitos computadores com o Windows instalado. O KMS permite que um servidor central gerencie as chaves de produto e as ativações dos computadores conectados a ele.


O CRACK simula um servidor KMS no seu computador e engana o Windows fazendo-o pensar que ele está se comunicando com um servidor legítimo. Assim, ele consegue ativar o Windows 8.1 permanentemente sem precisar de uma chave de produto válida.


Como usar o CRACK?




Para usar o CRACK, você precisa baixar o programa na internet e executá-lo no seu computador. Existem vários sites que oferecem o download do CRACK, mas nem todos são confiáveis. Por isso, é recomendável usar um antivírus e verificar se o arquivo não contém vírus ou malware antes de abrir.


Depois de baixar o CRACK, você precisa desativar temporariamente o seu antivírus e o firewall do Windows, pois eles podem bloquear ou interferir no funcionamento do programa. Em seguida, você precisa extrair o arquivo ZIP do CRACK em uma pasta e executar o arquivo KMSPICO.exe como administrador.


Ao abrir o programa, você verá uma janela com alguns botões e informações sobre o seu sistema operacional. Você precisa clicar no botão vermelho com a letra K para iniciar o processo de ativação do Windows 8.1. O programa vai fazer algumas alterações no registro do Windows e simular um servidor KMS no seu computador.


Quando o processo terminar, você verá uma mensagem dizendo que o Windows foi ativado com sucesso. Você pode verificar se a ativação foi feita corretamente indo nas configurações do sistema e verificando se aparece a mensagem "Windows está ativado" na seção "Ativação".


Quais são os benefícios e riscos de usar o CRACK?




O principal benefício de usar o CRACK é que você pode ativar o Windows 8.1 permanentemente sem precisar pagar por uma chave de produto original. Isso significa que você pode usar todos os recursos e funcionalidades do sistema operacional sem restrições ou limitações.


Além disso, o CRACK é fácil de usar e não requer conhecimentos técnicos avançados. Você só precisa baixar o programa, executá-lo e seguir as instruções na tela para ativar o Windows 8.1 em poucos minutos.


No entanto, usar o CRACK também tem alguns riscos e desvantagens que você deve considerar antes de decidir usá-lo. O primeiro risco é que o CRACK é ilegal e viola os termos de uso do Windows. Ao usar o CRACK, você está infringindo os direitos autorais da Microsoft e pode ser processado ou penalizado por isso.


O segundo risco é que o CRACK pode danificar ou comprometer a segurança do seu computador. Como o CRACK faz alterações no registro do Windows e simula um servidor KMS no seu computador, ele pode causar instabilidade, erros ou conflitos no sistema operacional. Além disso, ele pode abrir portas para vírus, malware ou hackers invadirem o seu computador e roubar seus dados ou informações pessoais.


O terceiro risco é que o CRACK pode ser detectado ou bloqueado pelo Windows Update ou pelo antivírus. Como o CRACK é um programa não autorizado pela Microsoft, ele pode ser reconhecido como uma ameaça ou uma fraude pelo Windows Update ou pelo antivírus e ser removido ou desativado automaticamente. Isso pode fazer com que o seu Windows volte ao estado não ativado ou fique inoperante.


Conclusão




O CRACK é um programa que permite ativar o Windows 8.1 permanentemente sem precisar de uma chave de produto original. Ele usa um método chamado KMS (Key Management Service), que simula um servidor de ativação em rede no seu computador e engana o Windows fazendo-o pensar que ele está se comunicando com um servidor legítimo.


O CRACK tem alguns benefícios, como permitir que você use todos os recursos e funcionalidades do Windows 8.1 sem restrições ou limitações e ser fácil de usar e rápido de executar. No entanto, ele também tem alguns riscos, como ser ilegal e violar os termos de uso do Windows, danificar ou comprometer a segurança do seu computador e ser detectado ou bloqueado pelo Windows Update ou pelo antivírus.


Portanto, antes de decidir usar o CRACK para ativar o Windows 8.1 permanentemente, você deve pesar os prós e contras e avaliar se vale a pena correr esses riscos ou se é melhor optar por uma forma legal e segura de ativar o seu sistema operacional.


Como baixar o CRACK?




Para baixar o CRACK, você precisa encontrar um site confiável que ofereça o download do programa. Existem vários sites que disponibilizam o CRACK, mas nem todos são seguros ou atualizados. Por isso, é importante verificar a reputação do site, a data de publicação do arquivo e os comentários dos usuários antes de fazer o download.


Uma forma de encontrar sites que oferecem o CRACK é usar um mecanismo de busca como o Google ou o Bing e digitar a palavra-chave "CRACK Ativador Permanente do Windows 8.1 Tutorial". Você verá uma lista de resultados com vários sites que contêm essa palavra-chave no título ou na descrição. Você pode clicar nos links e acessar os sites para ver se eles têm o CRACK disponível para download.


Outra forma de encontrar sites que oferecem o CRACK é usar um site agregador de links como o Mega ou o Mediafire e digitar a palavra-chave "CRACK Ativador Permanente do Windows 8.1 Tutorial". Você verá uma lista de links diretos para arquivos que contêm essa palavra-chave no nome ou na extensão. Você pode clicar nos links e baixar os arquivos diretamente para o seu computador.


Como instalar o CRACK?




Para instalar o CRACK, você precisa extrair o arquivo ZIP que você baixou em uma pasta no seu computador. Você pode usar um programa descompactador como o WinRAR ou o 7-Zip para fazer isso. Depois de extrair o arquivo ZIP, você verá uma pasta com vários arquivos dentro, incluindo o KMSPICO.exe, que é o executável do CRACK.


Antes de executar o KMSPICO.exe, você precisa desativar temporariamente o seu antivírus e o firewall do Windows, pois eles podem bloquear ou interferir no funcionamento do CRACK. Você pode fazer isso indo nas configurações do seu antivírus e do firewall e desmarcando as opções de proteção em tempo real ou de monitoramento de rede.


Depois de desativar o seu antivírus e o firewall, você precisa executar o KMSPICO.exe como administrador. Para fazer isso, você pode clicar com o botão direito do mouse sobre o arquivo e escolher a opção "Executar como administrador". Você verá uma janela do Controle de Conta de Usuário pedindo a sua permissão para executar o programa. Você deve clicar em "Sim" para continuar.


Quais são as vantagens e desvantagens do Windows 8.1?




O Windows 8.1 é uma versão atualizada do Windows 8, que trouxe diversas melhorias e novidades para o sistema operacional da Microsoft. Algumas das vantagens do Windows 8.1 são:


  • Uma interface mais personalizável e adaptável, com a possibilidade de redimensionar os blocos dinâmicos, escolher entre diferentes tamanhos de tela e usar papéis de parede na tela inicial.



  • Uma maior integração com os serviços online da Microsoft, como o OneDrive, o Skype, o Outlook e a loja de aplicativos.



  • Uma maior compatibilidade com dispositivos touchscreen, como tablets e smartphones, com gestos e recursos específicos para facilitar a navegação e a interação.



  • Uma maior segurança e estabilidade, com atualizações automáticas, recursos de criptografia e recuperação de arquivos e um novo gerenciador de tarefas.



  • Uma maior performance e velocidade, com um tempo de inicialização mais rápido, um menor consumo de recursos e uma melhor otimização do hardware.



No entanto, o Windows 8.1 também tem algumas desvantagens que podem desagradar alguns usuários. Algumas das desvantagens do Windows 8.1 são:


  • Uma interface mais confusa e complexa, com a necessidade de alternar entre a tela inicial e a área de trabalho tradicional, além de lidar com diferentes tipos de aplicativos (modernos e clássicos).



  • Uma maior dependência da internet, com a necessidade de ter uma conta da Microsoft para acessar alguns recursos e serviços online.



  • Uma menor compatibilidade com alguns programas e drivers antigos, que podem não funcionar corretamente ou exigir atualizações ou adaptações.



  • Uma maior exposição a riscos e ameaças online, com a possibilidade de baixar aplicativos maliciosos ou infectados pela loja de aplicativos ou por outros sites.



  • Uma maior dificuldade para ativar o sistema operacional, com a necessidade de ter uma chave de produto original ou usar um programa como o CRACK para ativar o Windows 8.1 permanentemente.



Como desinstalar o CRACK?




Caso você queira desinstalar o CRACK do seu computador, você precisa seguir alguns passos simples. Primeiro, você precisa reativar o seu antivírus e o firewall do Windows, que você desativou temporariamente para usar o CRACK. Você pode fazer isso indo nas configurações do seu antivírus e do firewall e marcando as opções de proteção em tempo real ou de monitoramento de rede.


Depois, você precisa remover o CRACK do seu computador. Você pode fazer isso indo na pasta onde você extraiu o arquivo ZIP do CRACK e executando o arquivo Uninstall_Service.cmd como administrador. Você verá uma janela do prompt de comando pedindo a sua confirmação para remover o CRACK. Você deve digitar Y e pressionar Enter para continuar.


O programa vai remover as alterações que ele fez no registro do Windows e no servidor KMS simulado no seu computador. Quando o processo terminar, você verá uma mensagem dizendo que o CRACK foi removido com sucesso. Você pode fechar a janela do prompt de comando e deletar a pasta do CRACK do seu computador.


Ao remover o CRACK do seu computador, você vai perder a ativação permanente do Windows 8.1. Isso significa que você vai voltar ao estado não ativado ou ter que usar uma chave de produto original para ativar o seu sistema operacional novamente.


Conclusão




Neste artigo, você aprendeu o que é o CRACK, como usá-lo e quais são os benefícios e riscos de ativar o Windows 8.1 permanentemente com ele. Você também aprendeu como baixar, instalar e desinstalar o CRACK do seu computador.


O CRACK é um programa que permite ativar o Windows 8.1 sem precisar de uma chave de produto original. Ele usa um método chamado KMS (Key Management Service), que simula um servidor de ativação em rede no seu computador e engana o Windows fazendo-o pensar que ele está se comunicando com um servidor legítimo.


O CRACK tem alguns benefícios, como permitir que você use todos os recursos e funcionalidades do Windows 8.1 sem restrições ou limitações e ser fácil de usar e rápido de executar. No entanto, ele também tem alguns riscos, como ser ilegal e violar os termos de uso do Windows, danificar ou comprometer a segurança do seu computador e ser detectado ou bloqueado pelo Windows Update ou pelo antivírus.


Portanto, antes de decidir usar o CRACK para ativar o Windows 8.1 permanentemente, você deve pesar os prós e contras e avaliar se vale a pena correr esses riscos ou se é melhor optar por uma forma legal e segura de ativar o seu sistema operacional. ca3e7ad8fd


About

Welcome to the group! You can connect with other members, ge...
bottom of page